A "CURA" DO DIABETES FELINO? 

No Congresso Internacional de Endocrinologia Veterinária (ABEV – dezembro de 2012) tive a oportunidade de conhecer uma das maiores autoridades mundiais em Diabetes Mellitus em gatos; M.V. Jacquie Rand, que desenvolveu um método que revolucionou o tratamento da doença em felinos. Basicamente, através do controle glicêmico estrito, mudanças na alimentação e utilização de insulina glargina, consegue-se normalizar os níveis glicêmicos e reverter a dependência insulínica em aproximadamente 80% dos pacientes!

 

São poucos os Médicos Veterinários brasileiros que já utilizam o novo protocolo, principalmente pela dificuldade em fornecer uma dieta com baixos teores de carboidratos (recomenda-se menos de 6% - teor MUITO inferior ao presente em rações nacionais para gatos diabéticos) e pela necessidade de controle glicêmico estrito e acompanhamento semanal, entretanto os benefícios para os pacientes - que deixam de depender das aplicações diárias de insulina - são inegáveis e compensam quaisquer dificuldades iniciais.

Desde 2013 iniciamos a aplicação do protocolo proposto (com algumas adaptações, principalmente na dieta, visto que não dispomos das rações indicadas no método original) e, desde então, estamos obtendo excelentes resultados, com a reversão da dependência insulínica na maioria dos casos. O tratamento envolve a participação ativa dos proprietários, que são ensinados a realizar as medições das glicemias em casa (visto que as variações glicêmicas em felinos, quando em situação de estresse – como a ida ao consultório – são tão intensas que impossibilitam o método). Os ajustes das doses de insulina são semanais (o acompanhamento é feito por email para facilitar o processo e não retirar o paciente felino de casa).

 

 

Veja abaixo o link para o protocolo original:

Endocrinologia

Veterinária.com 

M.V. MSc.
Alexandre Bastos Baptista

 

 

  • Facebook Metallic