MELATONINA - CUIDADO!

A Melatonina é um hormônio produzido pela glândula pineal, responsável por sinalizações cronobiológicas importantes no organismo de mamíferos.

Em humanos é utilizada em casos de insônia, não como sonífero, mas como auxiliar na indução do sono (auxilia o adormecer, mas não o manter-se dormindo). Em cães não se verifica este efeito.

Estudos recentes mostraram que a melatonina é produzida em outros órgãos e tecidos do corpo e tem outras funções além das relacionadas à cronobiologia, notadamente um poderoso efeito anti-oxidante o que a torna importante auxiliar terapêutico em certas condições. Um dos tecidos produtores da Melatonina é a pele.

Utilizada como auxiliar no  tratamento da Alopecia X e também na Alopecia Pós-Tosa, promove a repilação em cerca de 30% dos casos, mas dificilmente esta repilação é total (pode acontecer, mas não é frequente). Entretanto ainda é a primeira linha de tratamento, devido à sua relativa segurança e baixo custo (em comparação outros tratamentos hormonais funcionam em mais de 75% dos casos) e pode ser utilizada em conjunto a outras terapias.

Recentemente, entretanto, algumas companhias farmacêuticas americanas passaram a adicionar um perigoso (para Cães, inócuo para Humanos) a suas fórmulas - o XILITOL (xylitol nas bulas em inglês).

O Xylitol, mesmo em pequenas doses, é extremamente tóxico para cães, podendo causar vômitos, convulsões e, em casos mais graves, insuficiência hepática e hemorragia generalizada, podendo levar ao óbito.

Se o Médico Veterinário prescrever Melatonina para o seu cão, sempre cheque entre os elementos da fórmula se o Xilitol está presente!

Endocrinologia

Veterinária.com 

M.V. MSc.
Alexandre Bastos Baptista

 

 

  • Facebook Metallic